Make your own free website on Tripod.com

JOVENS E ADULTOS COMO SUJEITOS DE CONHECIMENTO E APRENDIZAGEM
Home
O QUE É A EJA
Breve Histórico da Educação de Jovens e Adultos
EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS - UMA ABORDAGEM ANDRAGÓGICA
Como Evitar a Evasão de Jovens e Adultos
O QUE DÁ CERTO NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS
O processo de exclusão educacional, criando o público da EJA
Plano Nacional para EJA e a Proposta-Curricular da EJA no PARANÁ
Referências/links

eja1.jpg

O objetivo desta página é trazer reflexões de Porque a EJA existe, levantar e registar exemplos e sugestões do que dá certo na Educação de Jovens e Adultos, e traçar um breve histórico e diagnóstico da Educação de Jovens e Adultos no Brasil, verificando o processo de constituição da demanda do público que vincula-se à Educação de Jovens e Adultos, e suas características.


"Ensino para Adultos":

O Brasil possui milhões de pessoas com mais de 15 anos que são analfabetos ou têm escolarização incompleta.

Hoje há um intenso movimento de Jovens e Adultos voltado à sala de aula, cerca de 4,5 milhões de brasileiros, que não tiveram oportunidade de estudar na idade apropriada, ou que por algum motivo abandonou a escola antes de terminar a educação básica. Estas pessoas não só em busca de um diploma, mais uma vida mais digna.

Timothy Ireland, diretor de Educação de Jovens e Adultos da Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade (Secad), afirma:

..."Os alunos vão também em busca de instrumentos para viver no mundo da informação e elaborar pensamentos e ações de forma crítica, pois dependem disso para a auto-estima, para a formação de uma identidade, e até como possibilidade de conseguir um emprego."

Ao atrair o adulto para a escola, é preciso garantir que ele não a abandone, e isso só é possível através de uma prática docente/pedagógico que busque compreender o adulto deste todos os componentes humanos, buscando promover o aprendizado através das experiências, fazendo com que a vivência estimule e transforme o conteúdo, impulsionando a assimilação. É o aprender através do fazer, o "aprender fazendo".

Rodrigo Goecks

"Ensinar não é transferir conhecimento, mas criar as possibilidades para a sua produção ou a sua construção".
(Paulo Freire)

eja3.jpg
"Integrar os alunos na vida escolar e usar a experiência deles em sala... essas são algumas das chaves para abrir as portas da escola àqueles que demoraram tanto para chegar até ela".
( Meire Cavalcante)
contatos e sugestões:
bayerviviane@yahoo.com.br